Buscape


terça-feira, 19 de julho de 2011

LAVANDERIAS PRÁTICAS E ORGANIZADAS

Lugar onde se lava a roupa suja também merece atenção. Para facilitar a execução das tarefas do dia a dia, as lavanderias devem ser espaços práticos e organizados. Para a arquiteta Mariela Klann Fonteyne, o importante é definir o que será guardado no ambiente e setorizá-lo de acordo com as tarefas. Em seu projeto na Casa Cor Campinas, ela definiu uma área para a lavagem das roupas, outra para abrigar os produtos de limpeza e outra para guardar objetos e realizar pequenos consertos. “Em ambientes pequenos é ainda mais importante saber dividir bem o espaço. O que causa a bagunça é a mistura de afazeres”, explica.
A integração com os demais espaços da casa contribui para ganhar espaço e iluminação. Junto à cozinha e ao jardim, a área de serviço criada pelos arquitetos Giovani Bonetti e Tais Marchetti Bonetti, aproveita a luz natural que invade os ambientes.
No projeto de Ana Cristina Barbosa e José Queijo Félix para a Casa Cor São Paulo, a lavanderia tem comunicação com outras áreas com o uso de muitas transparências, com paredes e prateleiras de vidro.
A escolha dos revestimentos também contribui para a praticidade da limpeza, afirma Mariela. Em seu projeto, ela utilizou piso epóxi monolítico para evitar que a sujeira se acumule entre os espaços dos rejuntes. Priorizando a resistência sem perder de vista a beleza, as arquitetas Cintia Szuchman Lara e Janaina Bazzo utilizaram o silestone rosa para as bancadas da lavanderia do condomínio, na Casa Cor Paraná.
Fonte: http://casa.abril.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário